01/11/2013

[Report] Children of Bodom + Decapitated @ Paradise Garage, 30-10-2013

Dois anos depois da passagem pelo Hard Club, no Porto, os finlandeses Children of Bodom voltam a Portugal para data dupla: uma revisita ao Porto, também no Hard Club e para a estreia em Lisboa, no Paradise Garage.
Lisboa faz as honras de receber a tour de apresentação do mais recente registo, 'Halo of Blood' lançado a 28 de Maio deste ano, pela Nuclear Blast.
Pouco passava das 16 horas e, à porta do Paradise Garage, um bom número de fãs esperava ansiosamente pela abertura das portas, com esperanças de conhecer os músicos, o que não impediu a Jaska Raatikainen (baterista de Children of Bodom) de passear discretamente pelas imediações do local.
Com o passar das horas, e como seria de esperar,  a fila começava realmente a crescer até ao momento da abertura das portas. Depois de algumas confusões de organização, lá se orientou – mais ou menos – a fila e começam as corridas para as grades. O recinto enche-se rapidamente e é hora do espetáculo.
Os primeiros a entrar foram os finlandeses Medeia, com o célebre Keijo Niinimaa (Rotten Sound, Nasum) a assegurar os vocais. Desconhecidos por muitos, se não estou em erro, os Medeia conseguiram ainda assim uma boa resposta do público em praticamente todo o concerto e, decerto, ganharam muitos mais fãs com a excelente performance de ontem.
Setlist
1. We All Fail
 2. Abandon All
3. The Unseen
4. Cold Embrace
5. Devouring
6. Descension
7. Iconoclastic
8. Misery Prevails

Como normal, há o pequeno intervalo entre as bandas para tocar equipamento e fazer um soundcheck, que teve direito a cover do hit dos Pantera, “Walk”, por parte de Vogg e Kevin Foley, guitarrista e baterista dos Decapitated respectivamente e, claro, com a audiência a tratar dos vocais.

É então que é hora dos deathmetallers polacos tomarem o palco. Conquistando desde o inicio com 'Pest' e seguindo com '404'. Foi aquilo que considero o primeiro momento alto da noite, visto que os Decapitated não são nenhuns desconhecidos do público português. Mosh pits e crowdsurfings constantes, e com o carismático Rafal sempre a puxar pelo público, os Decapitated mostraram-se mais uma vez como uma banda que não é para brincadeiras, fazendo as delícias dos presentes com temas como 'A View from a Hole', 'Homo Sum' e, para terminar com chave de ouro 'Spheres of Madness'. 
Setlist
  1.Pest 
  2.404
  3.The Fury 
  4.A View From a Hole 
  5.Carnival is Forever 
  6.Homo Sum   
  7.Spheres of Madness 

Eis que chega então a vez dos aguardados Children of Bodom. Soam os primeiros acordes de 'Transference', tema retirado do novo álbum, e o público adere imediatamente e sem hesitar, formam-se os mosh pits e voltam os persistentes crowdsurfers, para a tristeza dos seguranças. Alexi Laiho, vocalista da banda finlandesa, sempre muito falador, a agradecer e a louvar o público português, anunciava agora 'Silent Night, Bodom Night', seguinda por 'Living Dead Beat'  com o público lisboeta a cantar cada palavra e até mesmo cada acorde.  Para a felicidade de muitos, a banda optou por tocar vários temas de alguns dos álbuns mais antigos, como foi o caso de 'Kissing the Shadows', do álbum 'Follow The Reaper'. O que dizer mais? A verdade é que os Children of Bodom deram um concerto excepcionalmente bom, nas palavras de muitos "dos melhores que eles deram em terras lusitanas (se não o melhor)", e não deixaram tempo para a audiência respirar entre muito headbanging e muita gritaria, especialmente durante 'Are You Dead Yet?', em que o próprio Alexi pediu para fazerem o maior e mais rápido mosh pit que alguma vez houve em Portugal: não sei se tal foi cumprido mas os fãs bem tentaram.  Para se despedirem, ficaram os temas 'Hate Me!', 'Downfall' e 'In Your Face'.
No fim, até mesmo aqueles que se diziam não muito fãs ou que simplesmente foram meio contrariados saíram com um sorriso na cara. Os Children of Bodom provaram que conseguem ser mais do que uma banda de guitar hero, e que merecem todo o sucesso que têm tido ao logo dos anos, o mesmo se aplica às bandas que os acompanharam nestas últimas datas da tournée europeia.
Setlist
1. Transference
2. Silent Night, Bodom Night
3. Living Dead Beat
4. Halo of Blood
5. Kissing the Shadows
6. Lake Bodom
7. Hate Crew Deathroll
8. Dead Man’s Hand on You
9. Are you Dead Yet?
10. Blooddrunk
11. Towards Dead End
12. Hate Me!
13. Downfall
14. In Your Face



Texto: Marta Louro
Fotos: Catarina Torres, para a Revista ArteSonora, à qual agradecemos a cortesia (foto report completa aqui)

Veja também: