21/03/2017

[Made in Portugal] The Quartet Of Woah! - Novo álbum homónimo chega às lojas em Abril


O segundo álbum da banda formada em 2010 por Gonçalo Kotowicz, Rui Guerra , Miguel Costa e André Gonçalves vê a luz do dia em Abril. 

Quase 5 anos volvidos desde o aclamado álbum de estreia "Ultrabomb" e depois de várias tours nacionais e internacionais, o quarteto voltou a estúdio para desenhar este novo trabalho que promete voltar a dar que falar, pela crítica e pelos ouvintes.












O álbum é uma ode ao caminho, uma viagem pelo interior. Uma análise ao passado, vista do futuro. Um retrato da imortalidade como meta inatingível. Uma porta para o desconhecido. Uma melancólica introspeção rumo à catarse final. É a desconstrução em espiral duma parafernália cacofónica. O poder da individualidade no todo.
A mensagem é simples, o conteúdo intenso e frenético. O universo rejubila desalmadamente em busca da derradeira redenção. Uma sintonia desconcertante e corpulenta.

E tudo isto é The Quartet of Woah!
foto by Rui M Leal
Biografia
O grupo formou-se em 2010, pela vontade de Gonçalo Kotowicz e de Rui Guerra. Miguel Costa era a escolha já há muito tomada na suas cabeças para baterista; passaram pela banda vários baixistas que não faziam o clique, bem como um segundo guitarrista. 
Chegaram a ser um quinteto e a ideia inicial não se aproximava, nem de longe nem de perto, ao som que os TQW fazem hoje em dia.

Várias tentativas depois, surgiu o André Gonçalves e fez-se magia. 
A partir dessa altura chamar-se-iam The Quartet of Woah! (com ponto de exclamação e tudo), e abandonariam as canções feitas até à data (excepto Ultrabomb, que foi a primeira música composta pelo coletivo e se manteve inalterada) passando a rockar desalmadamente, que era o que na realidade queriam.

O nome veio da enorme vontade do quarteto em espantar quem o ouve. 
Após um concerto no Teatro da Comuna editam, em finais de 2012, o álbum de estreia Ultrabomb, pela independente Raging Planet.

Daí, vieram as críticas excelentes e as aclamações, seguindo-se muitos concertos de entre os quais se podem destacar: o SBSR ’13, a Festa do Avante, o Water Rats (Londres), o Prince Albert (Brighton), o TMN ao Vivo, o Jameson Urban Routes, o Indie Music Fest, o Meda +; o Woodrock Festival ou o Reverence Valada.

Podes ouvir o Ultrabomb aqui:Assim, no decurso de 2015, por entre diversas actuações de norte a sul do país, a banda começou a desenhar o seu segundo álbum, homónimo, com edição agendada para abril de 2017.

Estejam atentos para mais novidades em breve!

Veja também: